29 de mai de 2012

Avaí perde a primeira na Série B e na era Hemerson Maria

Leão saiu derrotado do confronto contra o América-RN fora de casa

Hemerson Maria sofreu sua primeira derrota no Leão. Foto: Kadu Reis

Hemerson Maria entrou para o jogo contra o América em Goianinha, no Rio Grande do Norte, com três volantes, e tentando se defender, acabou derrotado. O Avaí construiu poucas chances de ataque durante a partida e foi pouco efetivo no ataque.

O Leão sofreu com as subidas do lateral-direito Norberto, do América, durante toda a partida. Pirão, na esquerda, e Marcinho Guerreiro, volante que voltou de lesão, não fizeram boas partidas e deram espaço para o Dragão potiguar atacar.

O gol americano saiu apenas aos 34 minutos do segundo tempo, com Pingo, que pegou sobra de chute sozinho dentro da área e apenas tocou para o gol vazio. Após a desvantagem no placar, o Avaí desmanchou a tática de três volantes, mas já não havia tempo e a derrota se tornou inevitável.

Com a derrota, o Leão permaneceu com quatro pontos na Série B, somando três gols pró, três contra e saldo zerado. A próxima partida do Avaí é contra o Joinville, na Ressacada, no próximo sábado, 02/06, às 16h20.

Confira a classificação atualizada (inclusive minuto a minuto) da Série B:


Primeiro tempo:

O Avaí começou o jogo em Goianinha levando susto. Na primeira jogada de ataque da partida, com apenas um minuto de jogo, Diego viu a bola bater em sua trave e sair. A resposta avaiana veio apenas aos 12 minutos. Felipe Alves avançou sozinho e chutou à esquerda do gol.

O América chegou perto de seu primeiro gol. Isac cabeceou após cruzamento e Leandro Silva salvou o Avaí em cima da linha. As jogadas aéreas eram as mais exploradas pelo time potiguar, enquanto o Leão tinha dificuldades em se defender.

Aos 29 minutos o Avaí chegou a abrir o placar com Nunes, que recebeu passe de cabeça de Diogo Orlando. O camisa 9 avaiano estava impedido e o árbitro anulou o gol.

O Leão chegou novamente três minutos mais tarde. Patric chutou forte de fora da área, mas o goleiro Dida defendeu. No decorrer do primeiro tempo, o jogo manteve a característica de força com pouca qualidade técnica.


Segundo tempo:

O América voltou melhor no segundo tempo e já aos dois minutos levou perigo ao gol avaiano. Leandro Silva salvou o que seria o primeiro gol do Dragão após a bola ter passado pelo goleiro Diego.

A primeira chegada do Leão no segundo tempo foi aos 14 minutos. Cleber Santana chutou de longe e contado com desvio na zaga adversária, quase abriu o placar. Tentando dar maior vida ao ataque do Avaí, Hemerson Maria trocou Felipe Alvez por Laércio Carreirinha.

Aos 27 minutos, Pingo trouxe o América para o ataque pela esquerda, mas parou no goleiro Diego. Sete minutos mais tarde, o mesmo Pingo não perdoou. Livre na área, o jogador pegou a sobra de um chute e tocou para o gol vazio, fazendo 1 a 0 para o time potiguar.

Após sofrer o gol, Hemerson Maria mudou o esquema de três zagueiros, tirando Marcinho Guerreiro e colocando o atacante Ronaldo Capixaba em seu lugar. Mesmo com o Avaí tentando os ataques, quem teve nova chance foi o América. Aos 42 minutos, Pingo teve a chance de aumentar a vantagem, mas chutou a bola para fora.


Escalações:

América-RN: Dida; Norberto, Cleber, Edson Rocha (Gustavo) e Wanderson (Pingo); Márcio Passos, Ricardo Baiano, Fabinho e Júnior Xuxa (Rafael Augusto); Lúcio e Isac – Roberto Fernandes.

Avaí: Diego; Patric, Renato Santos (Cássio), Leandro Silva e Pirão; Marcinho Guerreiro (Ronaldo Capixaba), Mika, Cleber Santana e Diogo Orlando; Felipe Alves (Laércio) e Nunes – Hemerson Maria.


Gols: América-RN: Pingo (34/2º).

Nenhum comentário:

Postar um comentário