22 de mai de 2012

Avaí vence São Caetano e é líder da Série B pelo menos até sexta-feira

Pouco mais de quatro mil avaianos viram a vitória do Leão na Ressacada

Cleber Santana foi destaque e fez o gol do jogo. Foto: Kadu Reis

No único jogo disputado pela segunda rodada da Série B nesta terça-feira, o Avaí venceu o São Caetano por 1 a 0 na Ressacada. A vitória magra veio com gol de pênalti marcado por Cleber Santana, melhor jogador avaiano em campo.

O jogo em Florianópolis foi de poucas emoções e marcado pela proposta do time visitante em se defender. O Leão conseguiu furar a defesa adversária poucas vezes, enquanto o Azulão chegou pouco, apenas nos contra-ataques.

Na primeira etapa, a melhor oportunidade gol do Avaí foi com Ronaldo Capixaba. O atacante que jogou no lugar de Nunes, que não pôde entrar em campo por questões contratuais, recebeu a bola dentro da pequena área, dominou, fez o giro e tentou finalizar, mas escorregou.

No segundo tempo, o Leão chegou com Patric que avançou pela direita e acabou perdendo um gol incrível ao tentar tirar a bola do goleiro. Pirão também teve sua chance em falta cobrada em dois toques. O lateral-esquerdo recebeu de Cleber Santana e chutou forte, acertando a trave.

O gol de pênalti marcado por Cleber Santana aos 23 minutos foi o suficiente para a vitória avaiana. Após o gol, o Leão diminuiu a velocidade, esperando o final da partida sem sofrer ameaças do São Caetano.

Com a vitória, o Avaí chegou aos quatro pontos na Série B e é o atual líder. As outras nove partidas da segunda rodada da competição acontecem na sexta-feira e no sábado. O próximo adversário do Leão é o América de Natal na próxima terça-feira, 29.


Primeiro tempo

O jogo começou com domínio avaiano na Ressacada. Logo aos três minutos do primeiro tempo, Robinho lançou Cleber Santana, que dentro da área, dominou a bola no peito, mas foi desarmado no momento do chute para o gol.

Após a primeira chegada avaiana, o jogo começou a esfriar. A proposta do São Caetano era permanecer na defesa e jogar nos contra-ataques, enquanto o Avaí estava muito dependente de Cleber Santana, já que Ronaldo Capixaba e Felipe Alves eram pouco efetivos.

Aos 11 minutos do primeiro tempo o Leão construía uma jogada em contra-ataque armado por Robinho. No momento do último toque, o camisa 100 tentou enfiar a bola em velocidada pra Ronaldo Capixaba, mas ele estava impedido.

Robinho seguia tentando e após receber bola de Cleber Santana, triangulou com Capixaba e recebeu dentro da área, ficando em condições de chute. Ao invés disso, preferiu tocar para Felipe Alves, que não alcançou a bola, defendida pelo goleiro Luiz.

O time do ABC paulista teve apenas duas chances no primeiro tempo. Na primeira, Somália cabeceou para a defesa de Diego. Na segunda, Anselmo cruzou para Pedro Carmona, que dentro da pequena área, cabeceou para fora.

Aos 29 minutos o Avaí teve sua melhor chance no primeiro tempo. Em bela jogada de Robinho, Ronaldo Capixaba dominou na pequena área e fez o giro. No momento de concluir para gol o jogador escorregou, desperdiçando a chance.

O final do primeiro tempo foi truncado e dois jogadores de cada time receberam cartão amarelo. Pelo Avaí, Aelson e Felipe Alves. Pelo São Caetano, Augusto Recife e Anselmo.


Segundo tempo

O Avaí voltou para o segundo tempo diferente. O lateral-esquerdo Aelson quebrou um dente na primeira etapa e foi substituído por Diogo Orlando. O volante entrou para jogar onde ficava Pirão, que foi deslocado para a esquerda.

Logo aos dois minutos o Avaí teve uma grande oportunidade. Patric recebeu bola enfiada e ficou cara a cara com Luiz. O lateral avaiano tentou tirar do goleiro, mas a bola passou ao lado direito do gol do São Caetano.

Patric seguiu sendo protagonista no segundo tempo. Aos quatro minutos, jogada de Cleber Santana e toque para o camisa 2 que chutou forte. A bola foi desviada na zaga adversária e foi para fora.

Aos cinco minutos, chance para o São Caetano. Somália recebeu na ponta direita, entrou na área e chutou a bola para fora. O Avaí respondeu dez minutos depois. Após cobrança de falta em dois toques, Pirão recebeu a bola, chutou forte na entrada da área e acertou a trave do goleiro Luiz.

O gol avaiano amadurecia em diversas jogadas e apareceu em um pênalti. Gabriel derrubou Ronaldo Capixaba dentro da área aos 23 minutos. Na cobrança, Cleber Santana bateu com tranquilidade no canto direito, abrindo o placar na Ressacada.

O São Caetano tentou responder com Anselmo, que avançou pela ponta esquerda e chutou forte acertando a rede pelo lado de fora. No final da segunda etapa, o time do ABC não conseguia chegar e o Avaí não fazia força para aumentar o placar. Final de jogo: 1 a 0.


Escalações:

Avaí: Diego; Patric, Renato Santos, Leandro Silva e Aelson (Diogo Orlando); Pirão, Mika, Robinho (Diego Palhinha) e Cléber Santana; Nunes e Felipe Alves (Laércio Carreirinha).

São Caetano: Luiz; Samuel Santos, Gabriel, Vagner e Diego; Moradei, Augusto Recife, Anselmo (Geovane), Pedro Carmona e Marcelo Costa (Aílton); Somália (Leandrão).


Gols: Avaí: Cleber Santana (24/2º)

Nenhum comentário:

Postar um comentário