19 de mai de 2012

JEC perde na estreia na Série B em tarde inspirada de Paulo Baier


Meia veterano deu três assistências para gols do Atlético-PR

JEC perdeu com grande público na Arena. Foto: Leo Munhoz

O Joinville perdeu em casa na estreia pela Série B do Campeonato Brasileiro pelo placara de 4 a 1. Apesar de não fazer uma partida ruim, o time catarinense sucumbiu diante da força do Atlético Paranaense.

O meia Paulo Baier fez uma excelente partida, dando três assistências para gols do Rubro-Negro. Durante as duas etapas, quem tomou as ações da partida foi o Joinville que jogava em casa com Arena lotada.

A partida foi marcada pelas falhas na defesa do JEC, que concedeu muitas faltas para o adversário. No primeiro tempo, em duas oportunidades, Paulo Baier cobrou faltas para gols de cabeça de Bruno Mineiro e Manoel.

Na segunda etapa quem começou marcando gol foi o Joinville, com Lima, de pênalti. Quando a torcida se empolgava e apoiava o time, o JEC acabou cedendo. Em bela jogada, Paulo Baier avançou e tocou para Fernandão fazer o terceiro.

No fim da partida, Renan fechou o placar para o Atlético. O JEC perde sua estreia em casa por 4 a 1 e agora viaja para Natal, onde enfrenta o ABC na sexta-feira, dia 25, às 21h00 no estádio Frasqueirão.


Primeiro tempo:

O Joinville começou melhor a partida na Arena lotada. Aos quatro minutos, Lima cruzou para Bruno Rangel, que cara a cara com o gol acabou escorregando na hora da finalização.

Aos 13, Bruno Rangel teve outra grande chance de abrir o placar para o Tricolor. Desta vez o cruzamento veio de Ricardinho, mas o atacante acabou finalizando por cima do gol.

O JEC perdeu suas chances e acabou abrindo espaço para a subida atleticana. Apesar de saber da força do time paranaense na bola parada, faltou cautela ao Coelho, que cedeu importantes bolas paradas para o adversário.

Aos 18 minutos, Paulo Baier cobrou falta na cabeça de Bruno Mineiro, que abriu o placar. Seis minutos mais tarde a cena se repeteiu. Bola alçada na área por Paulo Baier, que cobrava falta, e o zagueiro Manoel fez o segundo gol.

O time catarinense não demorou a se recuperar e logo passou a pressionar o adversário em seu campo, porém sem efetividade nas conclusões. Ricardinho e Lima tiveram oportunidades, que foram desperdiçadas.


Segundo tempo:

A obrigação de partir para cima no segundo tempo era do JEC. Logo aos cinco minutos, a torcida reclamou pênalti em Ricardinho, não assinalado. Porém, um minuto depois o árbitro assinalou outra penalidade máxima para o Joinville, desta vez em jogada de Lima.

Na cobrança, Lima diminuiu o placar e acendeu a torcida tricolor na Arena Joinville. O incentivo acabou não surtindo efeito. Cinco minutos depois do gol joinvillense, Paulo Baier fez belíssima jogada e tocou para Fernandão que ampliou a vantagem do Atlético.

No decorrer da segunda etapa o Joinville conseguiu seguir pressionando o Atlético Paranaense, mas sem diminuir o placar. A torcida já se irritava com a situação, quando o time do Paraná desferiu o golpe final.

Após troca de passes, o Rubro-Negro chegou mais uma vez e Renan, que havia entrado no segundo tempo, fechou o desastroso placar da estreia do JEC na Série B: 4 a 1.


Escalações:

Joinville: Ivan; Eduardo, Pedro Paulo, Maurício e Gilton (Ângelo); Leandro Carvalho, Glaydson, Ricardinho (Alan Bahia) e Tiago Real; Lima e Bruno Rangel (Jean Carlos).

Atlético-PR: Rodolfo; Pablo Felipe, Manoel, Renan Foguinho e Zezinho (Cleberson); Deivid, Liguera e Paulo Baier; Ricardinho, Fernandão (Renan) e Bruno Mineiro.


Gols: Joinville: Lima (7/2/º)
           Atlético-PR: Bruno Mineiro (18/1º), Manoel (24/1º), Fernandão (12/2º), Renan (39/2º)

Nenhum comentário:

Postar um comentário