15 de mai de 2012

Campeão do estado, Avaí ensaia crise


Bomba estoura dentro do clube dois dias depois do título


Carlos Arini foi demitido do Avaí. Na tarde de hoje, ele se despediu na sala de imprensa do clube. Carlito falou bem do Leão, dizendo que o clube é de apaixonados, declarou que acredita ter feito um bom trabalho e se mostrou muito triste com a saída.

O ex-Gerente de Futebol avaiano aproveitou para elogiar o grupo de jogadores, segundo ele, um time de guerreiros. Mostrou-se decepcionado com a saída – “Isso nunca me aconteceu em 20 anos de futebol”.

Parceria e confusão

No lugar de Carlos Arini, foi contratado Marcelinho Paulista, fruto de parceria do Avaí com o Corinthians. Durante a apresentação do novo homem forte do futebol do Leão houve um imprevisto.

Os jogadores entraram na sala de imprensa do clube e tomaram a palavra para manifestar seu descontentamento com a saída de Carlito. O elenco não se mostrou contra Marceliho, apenas não concordaram com a saída de Arini.

O capitão Bruno e Cleber Santana falaram durante a intervenção dos jogadores. O camisa 10 avaiano alegou que o Presidente Zunino havia garantido a permanência de Carlos Arini, mesmo com alguma eventual parceria.

Surpreendido, o Presidente terminou a coletiva de imprensa. Uma hora depois, declarou aos jornalistas presentes que mesmo com o pedido coletivo dos jogadores, Carlito permanece fora do clube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário